Diospiro

Posted on 16/02/2015 by Plubee No Comments Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail

diospiro

O diospiro é originário da China, sendo o seu nome Dyospiros traduzido literalmente como “comida dos deuses”. Tem mais de 200 variedades conhecidas, que vêm sendo cultivadas há séculos. As plantas começaram a ser introduzidas no resto do mundo para produção comercial e amadora a partir dos anos 1800. A variedade Fuyu é uma das mais conhecidas, tendo tido origem no Japão.

Diospiro – benefícios saúde

O diospiro tem um alto valor nutritivo, com um alto teor de vitamina A e também B e C, assim como boas quantidades de cálcio, ferro e fósforo. É altamente recomendado o seu consumo pela ótima fonte de nutrientes que apresenta.

Diospiro – produtividade da planta

A árvore geralmente pode começar a produzir a partir do 2-3º ano se tiver sido enxertada.

A produtividade de uma árvore pode ser muito variável, mas em regra uma árvore madura é capaz de atingir produtividades interessantes. Há estudos que apontam para produtividades entre as 17ton e as 30 ton por hectar (dados de 1998, pelo que hoje em dia estes valores podem ser maiores). Os custos de produção podem variar de 0,14€/Kg (algumas regiões de Espanha)  até 0,37€ /Kg (algumas regiões de Itália), dados também de 1998.

De acordo com os últimos dados disponíveis do Ministério da Agricultura, o valor por Kg para o diospiro Mole em 2012 foi de 1,2€-1€ por Kg no mercado de produção e para o diospiro Rijo 1,3€-1,2€ por Kg. Isto significa que o preço ao produtor não deve andar longe da metade destes valores, pelo que com as produtividades acima mencionadas, a rentabilidade máxima por hectar poderá atingir os 10.200€-18.000€.

Diospiro – quando plantar

Este fruto pode ser plantado no Outono ou Primavera quando a árvore vier em raíz, quando vier já envasada pode plantar em qualquer altura do ano, preferencialmente não no final da Primavera, início do Verão quando a temperatura está muito alta.

Diospiro – onde plantar


O local de plantação ideal para uma árvore deste fruto deve ser um local com plena exposição solar e boa protecção de ventos fortes. O diospiro necessita de verões longos e quentes que favoreçam o amadurecimento da fruta. É sensível ao frio, mas geralmente a árvores está no período de dormência nesta fase, o maior risco é mesmo o aparecimento de geadas que queimem os rebentos das flores.

Diospiro – tipo de solo

Este fruto pode ser cultivado numa grande variedade de solos, incluindo solos mais argilosos, embora a árvore prefira um solo com mais drenagem e um pouco mais arenoso, com pH de 6-6.5. A árvore deste fruto é aliás bem capaz de aguentar pequenos períodos de seca. O fruto no entanto será mais pesado e de maior calibre, quanto mais regular for a sua rega durante a sua fase de crescimento.


Related posts:

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedinmail

Post a Comment

Your email is never published or shared. Required fields are marked *